• Laura Stoppa

Sexo na quarentena: um manual


🔥 A recomendação oficial da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de isolamento social, manter distância de até 2 metros entre as pessoas e cuidar da higiene respiratória e das mãos. Isso deve, portanto, ser estendido para as relações sexuais, que devem ser EVITADAS nesse período.

🔥 Destaque para evitar sexo oral e anal, já que o vírus é transmitido pela saliva e já foi encontrado também nas fezes de pessoas infectadas.

🔥 Como diz o documento do Departamento de Saúde de Nova Iorque "você é seu parceiro sexual mais seguro". Portanto, a masturbação é a prática sexual mais recomendada para o período, com a devida higienização das mãos e dos brinquedos eróticos com água quente e sabão antes e depois.

🔥 É possível escolher práticas mais seguras caso vá se relacionar com outra pessoa, sempre utilizando preservativos e evitando beijos. A melhor opção de parceria sexual é quem mora com você. Nada de furar quarentena para conhecer alguém novo agora, ok?

🔥 Lavar-se e tomar banho antes e depois do sexo nunca foi tão importante.

🔥 Se sua parceria sexual possui condições médicas mais graves, como diabetes, doenças pulmonares e cardíacas, câncer ou sistema imunológico mais fraco, o melhor a fazer é evitar totalmente as relações sexuais.

🔥 Bora aproveitar esse momento para aprender também e abusar da criatividade: tenho encontros virtuais, fazendo atividades diferentes e prazerosas em casa, expandindo as práticas sexuais para novas possibilidades...

O isolamento pode trazer muita angústia e preocupação, mas podemos transformá-lo em um momento de muito aprendizado coletivo e redescobertas 🧡 -


Texto elaborado com base na LIVE em conjunto com a psicóloga e terapeuta sexual Ana Canosa, realizada no Instagram do TRANSEMOS no dia 03 de abril de 2020.⠀

7 visualizações
  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle

Todos os direitos reservados © 2018.