• Laura Stoppa

A Libido e o isolamento social


Em tempos de isolamento social, como fica a libido? Uso libido aqui no sentido psicanalítico, como o impulso vital de desejo, prazer e autopreservação. Em isolamento, é possível que os seres sintam uma baixa na libido geral e também no que diz respeito à energia sexual.

Entretanto, a libido possui uma particularidade que pode ser bem aproveitada em momentos assim: ela pode alternar entre áreas de atenção. Isso significa que, em determinados momentos da vida, podemos colocar maior energia de desejo, realização e impulso em uma área e depois em outra.

Quando uma situação é imposta, como a necessidade de ficar em casa para prevenir a disseminação de um vírus, é possível canalizar a libido originalmente usada na interação social para outros locais de prazer e autorrealização. É também possível preservar a energia sexual e mantê-la ativa ao mesmo tempo, escolhendo os momentos mais adequados para cada opção.

Em resumo: não é porque estamos isolados em nossas casas que precisamos matar nossa libido ou colocá-la em pausa, ignorando-a. É possível escolher, dentro do objetivo de manter uma sexualidade saudável, o que fazer para manter a energia sexual ativa de modo criativo dentro de casa, ao mesmo tempo em que é possível direcionar essa energia para outras atividades, tão prazerosas quanto a atividade sexual.

Olha quanto autoconhecimento essa quarentena pode nos trazer! Aproveitem, cuidem de vocês, de seus corpos e também dos outros. Usem camisinha se forem transar, lavem as mãos, preocupem-se com a higiene como um todo e mantenham-se saudáveis 🧡

12 visualizações
  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle

Todos os direitos reservados © 2018.